O assassinato da vereadora Marielle no Rio revelou que a histeria política no Brasil é regra, não exceção. Se você falar bem da Marielle, apanha. Se falar mal, apanha. Se ficar quieto, também apanha. O discurso dominante, em vez de tolerante, pragmático e libertador, tornou-se repressivo, doutrinário e autoritário. E num clima de histeria, a primeira vítima é a liberdade. Você não pode mais expressar opinião própria, ou será trucidado, especialmente nas mídias sociais. Essa histeria política nasce de interesses de determinadas elites, combinados com a reação inconsciente do povo. É sintoma da perda total do controle político, provocada pela exploração do medo. É filha das teorias da conspiração.

Naturalmente, só confiamos em membros de nossa tribo, e quem abraça causas de outra tribo, se transforma nos tais “eles” “do mal”, que precisam ser exterminados, pois ameaçam os “do bem”. Foi nisso que nos tornamos. Um país dividido onde uma tribo caça a outra. Comenta-se, “ai, que pena da Marielle”, para em seguida mergulhar em manifestações de pura histeria política, contra ou a favor. Essa necessidade excessiva de sentir simpatia ou ódio extremos, chama-se Transtorno de Personalidade Histriônica, um dos nomes da histeria.

A única coisa a fazer nos momentos de explosões histéricas é... Controle-se! Enquanto as investigações não determinam a motivação e autoria do crime, não tire conclusões. Manifeste-se sobre valores comuns, se revoltando e lamentando a morte estúpida de mais dois seres humanos. E se solidarizando com suas famílias. Entendeu? Gritaria ideológica em rede social, sustentada em achismo sobre as motivações do crime, não passa de histeria política. Que não leva a nada além de mais histeria. E dá palanque para os malucos de sempre.

Receba este podcast por Whatsapp, acessando bit.ly/assinecafezinho

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br conteúdo extraforte para seu crescimento profissional.

________________________________

Para assinar o Cafezinho:

No WhatsApp: bit.ly/assinecafezinho

Feed do Cafezinho: http://feed.portalcafebrasil.com.br/tools/cafezinho.xml

Para iTunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/cafezinho-caf%C3%A9-brasil/id1281343582?mt=2

00:0000:00
Share | Download(Loading)