Quando me perguntam, qual o principal atributo para quem quer alcançar o sucesso num empreendimento, respondo na lata: disciplina. Algum tempo atrás eu diria “criatividade”, “repertório”, “capacidade de julgamento e tomada de decisão”. Não descartei esses atributos, mas descobri que antes deles vem a disciplina.

Na definição dos dicionários, disciplina é o conjunto de regras ou ordens que regem o comportamento de uma pessoa ou coletividade. É a observância das regras; obediência. E é um atributo extremamente valorizado especialmente entre os militares, que definem disciplina como “a rigorosa observância e o acatamento integral das leis, regulamentos, normas e disposições, traduzindo-se pelo perfeito cumprimento do dever por parte de todos e de cada um dos componentes do organismo militar.”

Parece simples, não é? E é, mas a coisa complica na hora de colocar em prática. Há a disciplina consciente, que é quando cumprimos com nosso dever porque sabemos que somos obrigados a isso. Fomos treinados para isso. Seguimos regras claras. Sabemos que se não chegarmos no horário no trabalho, se não nos vestirmos adequadamente, se não seguirmos uma hierarquia, se não cumprimos a lei, vamos pagar por isso. A disciplina consciente vem do treinamento, da rotina, é consequência do conceito objetivo de disciplina.   

Mas aí surge outra disciplina, a intelectual. Essa não é mais uma questão comportamental, de treinamento e obediência a regras. A disciplina intelectual tem a ver com compreender os contextos, saber não só o que devemos fazer mas porque devemos fazer. Entender a razão da missão, por que nossos superiores tomam determinadas decisões, especialmente aquelas que vêm contra nossos interesses. A disciplina intelectual não diz “faça isso ou faça aquilo”. Ela nos ensina o porque das coisas. Precisa, portanto, de bagagem intelectual, de repertório de refinamento de nossa capacidade de julgamento e tomada de decisão.  

É aí que eu foquei meu trabalho: em ajudar as pessoas a desenvolver a disciplina intelectual.

Antes de sair fazendo, compreender porque sair fazendo.

Antes de cumprir a tarefa, entender o porque da tarefa.

Antes de pensar no meu umbigo, compreender como os acontecimentos e minhas escolhas afetam a todos.

Sacou? Primeiro compreenda a definição objetiva de disciplina. Depois pratique a disciplina consciente.

Mas todo o tempo, TODO O TEMPO, desenvolva a disciplina intelectual.  

 

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br

Share | Download(Loading)