No PodSumário 024 – O Caminho para o Caráter, que os assinantes do Café Brasil Premium receberam no mês passado, o autor David Brooks comenta que o Google tem uma funcionalidade chamada Google Ngram, que examina o conteúdo de livros e textos, permitindo saber quais palavras foram mais ou menos usadas ao longo dos anos nas publicações. E o que ele mostra é que ao longo das últimas décadas houve um crescimento considerável no uso de termos e frases individualistas, como “meu eu”, “personalizado”, “eu em primeiro lugar” e “eu faço por mim mesmo”. Ao mesmo tempo, se nota um considerável declínio de termos e frases relacionadas com comunidade, como “compartilhar”, “unido” e “bem comum”.

O uso de termos relacionados com a economia e negócios cresceu enquanto os relacionados com a moralidade e caráter, caiu.

Termos como “caráter”, “virtude” e “consciência” declinaram ao longo do século 20. O uso do termo “bravura” caiu 66%, “gratidão” caiu 49%, “humildade” caiu 52% e “gentileza” caiu 56%. Isso contribui para a incapacidade de articulação do discurso moral.

Vivemos tempos de autonomia moral, onde cada indivíduo é incentivado a utilizar sua própria visão de mundo, e tudo fica cada vez mais relativo. E, a menos que você seja Aristóteles, fica complicado viver assim.

Pesquisas realizadas nos Estados Unidos, pediram a universitários que relatassem um dilema moral que tivessem vivido recentemente. E dois terços dos estudantes foram incapazes de responder, pois não sabiam, por falta de repertório, definir um dilema moral.

O livro foi publicado em abril de 2015 nos Estados Unidos, e a reflexão que propõe, cai como uma luva ao Brasil de hoje.

Acesse cafedegraca.com, faça sua inscrição gratuita de 30 dias no Premium e leia ou ouça o PodSumário O Caminho para o Caráter.

É luz na escuridão.

 

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br

Share | Download(Loading)