Eu havia prometido a mim mesmo não perder mais tempo com essas bobagens, mas não deu. É muita histeria.

Meu ponto é o seguinte: se eu fosse o Bolsonaro, nestes primeiros 100 dias estaria trancado entre quatro paredes, focado totalmente em produzir três ou quatro fatos bombásticos que apontassem mudanças drásticas na forma como o país vinha sendo conduzido.

Eu teria dia a hora para falar das reformas, só responderia perguntas sobre reformas, só tuitaria resultados e exemplos de fatos realizados. Quantos militantes foram demitidos, as negociatas desmanchadas, o resultado de auditorias, os planos detalhados de reformas, o fim de mamatas, o endurecimento das normas de segurança, os investimentos em infraestrutura etc.

Mergulharia profundamente nas negociações de bastidores e em aprender com meus Ministros especialistas sobre as mudanças que estão sendo feitas.

Jamais perderia um segundo com questões periféricas. Ao ser perguntado, minha resposta seria: "Acabou a campanha, agora sou Presidente. Respondo questões de Estado. O próximo!" Nada de bate-boca com justiceiros sociais. No máximo eu teria um interlocutor bem irônico, um rotweiller especialista no bateu-levou, como Fernando Henrique fez ao colocar Sergio Motta como Ministro das Comunicações em 1995. Esse rotweiller teria como missão a guerra cultural, preservando a mim. Eu jamais gastaria energia com isso.

Ao fim de 100 dias eu teria para mostrar um cardápio de mudanças estruturais que calaria a boca da galera do #elenao. E só então abriria alguma chance para tratar de temas periféricos que nenhum impacto trazem sobre a maioria da população. E daria a eles o tempo que merecem: 25 segundos.

Por isso acho bobagem a tuitada que ele deu, acho perda de tempo responder aos Jeans Wyllys, Zés de Abreus e Danielas Mercurys da lacrosfera. Isso está muito aquém da missão de um presidente da república, queima energia, gera cortinas de fumaça, gasta tempo e recursos.

É gastar papo com bêbado.

 

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br

Share | Download(Loading)