Existe hoje uma área cinza imensa, criada por um certo relativismo moral que toma conta da sociedade, que prega que não existem mais verdades, que o que é bom pra você pode ser ruim pra mim e todos estão certos. Que temos que respeitar os direitos de todo mundo, inclusive quando esses direitos se sobrepõem aos direitos de outros. Olha, nessa situação, se eu não gosto de algo e explicito minha contrariedade, sou imediatamente atacado pelos paladinos sociais e acusado de – vamos lá - fascista, coxinha, reacionário, todos aqueles rótulos que você está cansado de conhecer.

Chamo essa área cinza de Zona da Indiferença. É nela que mora o isentão. Para não se incomodar, a maioria das pessoas prefere permanecer na área da indiferença, esperando ver para que lado vai a boiada. Quando a boiada andar, o isentão anda junto. Se a boiada correr, ele corre junto. E se você perguntar porque que ele correu, ele não sabe... Sair da zona da indiferença não é fácil. A maioria das pessoas está nela, pretende continuar assim e reage indignada quando alguém faz marolinha. Sabe quando o sujeito fura a fila, você reclama e as outras pessoas na fila olham como se você fosse o estressado? Pois é.

Ninguém quer se incomodar. Vou chamar a atenção do pai da criança que está quebrando o galho da árvore, é capaz dele brigar comigo. Vou criticar o vândalo, é capaz dele me dar uma paulada. Vou dizer “não concordo”, e serei xingado e ofendido. Então, cara, para não me incomodar, cruzo os braços e finjo que não é comigo. Fico na zona da indiferença. E é aí que os canalhas fazem a festa. Ter consciência sobre o que é certo e errado todo mundo tem, exceto os psicopatas e as crianças muito pequenas. Mas capacidade de análise e ação a respeito, nem todos têm. Para isso tem de ter caráter...

 

Receba este podcast por Whatsapp acessando assinecafezinho.com

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br

Share | Download(Loading)