Meu, isto é só uma eleição, mas você se desentendeu com colegas, amigos e parentes por causa do candidato que escolheu? Passou a ser ofendido e criticado por pessoas que até outro dia lhe amavam? Está se sentindo um pária diante de um grupo que olha para você com nojinho? Não consegue entender certas opiniões de gente que você sempre julgou inteligente e que agora parece ter enlouquecido? Tem certeza que estamos dentro de uma alucinação coletiva? Fique frio, vai piorar... Estamos colhendo tudo aquilo que foi plantado nos últimos 30 anos para dividir o país, e essa onda não passará tão cedo. Ganhe quem ganhar, os próximos quatro anos serão infernais, com gente acusando gente, com o passado sendo esquecido e com os agentes da desinformação pintando o bordando para provar a você que o mundo deles, do jeito deles, é que é o melhor. O maior benefício destas eleições está sendo a exposição diária dos canalhas. Caíram máscaras e os isentões, os vendilhões, os aproveitadores, os arrivistas, os urubus procurando carniça que por anos se fantasiaram de jornalistas, influenciadores digitais, professores, economistas, especialistas, cientistas sociais, intelectuais, sociólogos, historiadores, escritores, cineastas, músicos, artistas, empresários, políticos, religiosos e tantas outras categorias, estão sendo expostos. Suas táticas, truques e ardis não estão colando mais. Suas mentiras ficaram evidentes. Sua covardia e desonestidade intelectual está clara. Por isso estão desesperados. Mas por que digo que isso é benéfico? Porque quando passar a alucinação coletiva saberemos com quem vale a pena gastar nosso tempo de vida.

Receba este podcast por Whatsapp acessando assinecafezinho.com

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br

00:0000:00
Share | Download(Loading)